Ruas comemora projeto de Hidrovias aprovado na CCJ

Aprovado por unanimidade, nesta terça-feira (03/05) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o Projeto de Lei que autoriza e regulamenta o Transporte Público Hidroviário, de autoria do deputado Pedro Ruas.  A proposta inclui esta modalidade no Sistema Estadual de Transporte Público Intermunicipal de Passageiros de Longo Curso, tornando rios, lagos e lagoas do Rio Grande do Sul, vias intermunicipais de transporte. Ruas comemorou a aprovação e recordou a sua luta, ainda na Câmara de Vereadores, pela Lei 6384 que criou transporte hidroviário de passageiros pelo lago Guaíba. O projeto ainda tramitará por mais duas comissões, antes de ir a plenário.

Marisa Schneider
Jornalista MTB7517

No primeiro trimestre deste ano R$11.127,84 foram doados à instituições humanitárias

Dando continuidade a determinação de doar o valor correspondente ao reajuste concedido aos parlamentares gaúchos, no início da atual legislatura, o deputado Pedro Ruas repassou, nos três primeiros meses deste ano, R$ 11.127,84. Este valor, foi dividido igualmente entre seis instituições, cada uma recebeu R$ 1.854,64. Foram beneficiadas:
-Centro Novos Horizontes – Porto Alegre
-Casa do Artista Rio-grandense –Porto Alegre
-Associação Criança Feliz – Caxias
-Assoc. de Deficientes Visuais de Bento Gonçalves- Bento Gonçalves
-Casa do Excepcional Santa Rita – Porto Alegre
-Centro Comunitário Jardim Renascença – Porto Alegre

Jornalista Marisa Schneider
MTB 7517

 

Metalúrgicos da Região Carbonífera do RS unem-se contra o desemprego

As demissões em larga escala, a falta de perspectiva e de apoio dos gestores públicos e empresários incrementa a pobreza e a evasão de pessoas qualificadas, dos municípios que compõem a região – Arroio dos Ratos, Barão do Triunfo, Butiá, Charqueadas, General Câmara, Minas do leão, São Jerônimo, Triunfo e Eldorado do Sul. O assunto foi debatido durante audiência pública, no dia 18 de abril, proposta pelo deputado Pedro Ruas (PSOL), realizada no Sindicato dos Metalúrgicos de Charqueadas e Região.

Entre as ações encaminhadas estão: – a continuidade das mobilizações da categoria; a recriação da Comissão Municipal do Emprego; buscar investimentos para a área de turismo e serviços; a exigência do cumprimento das metas de empregabilidade para as empresas que recebem verbas públicas, a exemplo do que ocorre com a Gerdau; incluir nas discussões futuras a criação de um distrito industrial e a viabilidade do carvão como fonte limpa de energia.

Jornalista Marisa Schneider
MTB 7517

“TODOS MERECEMOS ARTE EM NOSSAS VIDAS”

Cores, adereços, música, artes-plásticas, muito trabalho e abnegação, impactaram o Deputado Pedro Ruas durante uma reunião externa realizada na quinta-feira (07/04), no “Condomínio Cênico do HPSP”. Há 16 anos, integrantes de cinco coletivos de teatro ocuparam um imóvel público, ocioso e abandonado. Os artistas ocuparam dois pavilhões do antigo Hospital Psiquiátrico São Pedro, deram vida nova ao espaço. Removeram entulhos e lixo hospitalar, limparam o pátio interno, reconstruíram banheiros, pintaram paredes e fizeram do local ambientes para ensaios, apresentações, oficinas, seminários, construção e confecção de adereços e materiais cênicos, além de depósito destes apetrechos e cenários.

Em 2011 o “Condomínio Cênico” tornou-se objeto de estudo e pesquisa de formandos da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS, o que resultou num projeto que prevê a recuperação e restauração dos prédios, para atender a necessidade de cada grupo. A proposta de um Centro Cultural Integrado recebeu o aval do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE-RS).

Convidado para conhecer o projeto, que ainda luta pela sua consolidação, Ruas se comprometeu a trabalhar para que os compromissos assumidos pelo governo do estado, que incluem a cedência do espaço, sejam honrados. “Num mundo cada vez mais materialista, uma iniciativa como esta merece toda a nossa atenção. Afinal, todos merecemos arte em nossas vidas”, afirmou o deputado.

Jornalista Marisa Schneider
MTB 7517

Nesta terça-feira (05.04) o deputado Pedro Ruas (PSOL) protocolizou no Superior Tribunal de Justiça (STJ), o Agravo Regimental contra decisão que suspendeu a  liminar de sentença nº2.138 (2016/007815-8), que mantinha as tarifas de ônibus e lotações de Porto Alegre, nos valores de R$ 3,25 e R$ 4,85, respectivamente.

São três os principais argumentos que fundamentam o pedido: 1º) A ratificação de consulta ao Conselho Municipal de Transporte Urbano (COMTU) não retifica a ilegalidade do aumento da passagem, pois a consulta ao referido Conselho deve ser, obrigatoriamente, prévia;  2º) O aumento anual da passagens tem sido acima da inflação e as planilhas de custo apresentadas são questionadas pelo Ministério Público Estadual;  3º) Antes de decidir pela suspensão da liminar, a presidência do STJ precisaria ouvir a parte contrária.

Em 28 de março, o STJ acatou um recurso da Procuradoria Geral do Município (PGM) que pedia a suspensão da decisão de 24 de fevereiro da 5ª Vara da Fazenda Pública, em Porto Alegre, após ação movida pelo PSOL que barrou o reajuste da passagem por 35 dias.

Jornalista Marisa Schneider – MTB7517

Em 2015, 24 entidades receberam doações do deputado Pedro Ruas

No dia 21 de janeiro de 2015  Pedro Ruas (PSOL) anunciou que doaria o valor correspondente ao reajuste de 26% concedido aos parlamentares da nova legislatura. “Não vou devolver ao erário, que é quem paga os aumentos, prefiro encaminhar às instituições que fazem trabalhos sociais”, disse Ruas.

Naquela ocasião os salários dos deputados tiveram um aumento de R$5.279,91, o que representa, descontadas as parcelas legais, um valor líquido de R$3.709,27. Esta quantia passou a ser dividida e doada para duas entidades a cada mês.

A seleção das recebedoras é realizada mediante os critérios de “necessidade”, “idoneidade” e “reconhecimento público”. Em 2015,  24 entidades foram beneficiadas, perfazendo um total doado de R$44.511,26. Cada uma recebeu R$ 1.854,64. As doações prosseguem até o final da gestão de Ruas no Parlamento.

Foram beneficiadas as seguintes instituições:

– Instituto de Amparo ao Excepcional – Inamex;  Instituto do Câncer Infantil; APAE – Canoas; Asilo Padre Cacique; Centro Comunitário Jardim Renasença; Instituto da Criança com Diabetes RS; Centro Novos Horizontes; Casa do Menino Jesus de Praga; Associação de Assistencia à Criança Deficiente – AACD; Fundação de Apoio ao Egresso do Sistema Penitenciário –  FAESP; Lar Escola Nossa Senhora Conquistadora; SPAAN – Sociedade Portoalegrense de Auxílio aos Necessitados; Instituto Espírita Dias Da Cruz; Coopersocial; APAE – Cachoeirinha; ASPG- Associação Solar do Professor Gaúcho; Casa Susana; APAE Charqueadas; APAE Alvorada; APAE Esteio; APAE-São leopoldo; APAE-Gravataí ; Kinder- Centro de integraçãoda Criança Especial; Cerepal- Centro de Reabilitação de P.Alegre – RS

Jornalista Marisa Schneider – MTB7517

Parlamentos diferentes, mas a política é a mesma

Na manhã desta segunda-feira (29.02) o deputado Pedro Ruas e a vereadora Fernanda Melchionna, junto com militantes do PSOL, distribuíram cinco mil panfletos em pontos de ônibus, no Centro da Capital gaúcha. O material convoca a população para o ato que ocorrerá hoje, às 18h, em frente a Prefeitura Municipal, contra qualquer tentativa de aumento de tarifas. A união dos usuários do transporte coletivo ao lado da ação movida pelo PSOL pode garantir que a justiça mantenha seu parecer favorável à população. Ruas e Fernanda foram os responsáveis pela redução das tarifas em 2013, quando ambos eram vereadores de Porto Alegre.

 

Jornalista Marisa Schneider – MTB7517