Vitória contra o fator previdenciário é comemorada no Brique

Neste domingo, 9, Dia das Mães, a deputada federal Luciana Genro foi ao Brique da Redenção, em Porto Alegre, junto com a militância do PSOL, para comemorar com a população a aprovação na Câmara dos Deputados do fim do fator previdenciário. E também alertar que os eleitores devem pressionar seus senadores, pois a emenda será votada agora no Senado, e o presidente Lula, que ainda poderá vetá-la.

Leia o texto que Luciana distribuiu na Redenção:

Vitória contra o fator previdenciário
Governo quer vetar

Nesta semana, tivemos vitórias importantes na Câmara dos Deputados. A maior delas foi o fim do fator previdenciário. Cada um mostrou sua cara. O PSDB foi coerente, pois foi FHC quem criou o fator, e eles seguiram defendendo esse mecanismo perverso. Já o PT foi contra quando era oposição, e agora o líder encaminhou a favor da manutenção do fator. Vários deputados petistas acabaram votando contra a orientação do líder, mas outros não compareceram ao plenário para votar. Alguns até voltaram depois, para votar o Ficha Limpa. Essa votação demonstrou que é possível derrotar o fator previdenciário e conquistar melhores condições de vida para os aposentados. Mas a luta não terminou. A proposta ainda terá de ser aprovada pelo Senado e sancionada pelo presidente Lula, que tem ameaçado vetar. A pressão precisa continuar. Por isso, estaremos junto com o senado Paulo Paim, fazendo vigília no Senado na semana que vem, para que a votação aconteça o quanto antes. Todos podem ajudar nessa pressão, mandando e-mails, cartas, dando telefonemas aos senadores de todo o país.

Também conseguimos aprovar o reajuste de 7,7% aos aposentados, 0,7% acima do que o governo desejava. O índice foi incluído na Medida Provisória 475/09 e corresponde à inflação acumulada pelo INPC, que mede a variação de preços da cesta de consumo das famílias de baixa renda, com salário de um a seis mínimos. Nossa posição foi votar sempre pelo reajuste maior, por isso votamos também a favor da emenda pelo reajuste de 8,77%, que acabou derrotada. Mas o critério que defendemos foi o fim da desvinculação do reajuste das aposentadorias com o salário mínimo. Essa desvinculação foi feita por FHC e mantida por Lula, e acaba causando um arrocho nos aposentados.

O PSOL está comprometido com a luta em defesa dos aposentados, e daqueles que querem se aposentar sem sofrer os grandes prejuízos causados pelas políticas implementadas pelo PSDB e mantidas pelo PT de Lula. Eles insistem em mentir, dizendo que a Previdência é deficitária, quando na realidade o déficit é causado pelos desvios de recursos da seguridade social, que são utilizados para pagar a dívida pública. O verdadeiro problema do país é que o governo destina 36% do orçamento para pagar juros e amortização da dívida. Uma vida melhor para os trabalhadores e aposentados é solução, e não problema!

Fonte: http://www.lucianagenro.com.br/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s